Não há gota, só oceano.
O erro foi a gota "se achar".
Somos gotas.


Agradeço a quem eu sou simplesmente, por jamais ter me rendido totalmente
a quem eu pudesse pensar que fosse.

Quem não fala em proveito próprio não tem medo de desagradar.
Mostrar, com simplicidade e clareza, é apenas mostrar e é preciso.
Quem não quer ver se incomoda, quem quer ver reconhece.

A LUZ CUIDA DE TUDO!




599. O real e a realidade.



Essa vida é uma realidade, mas não é real. Se você pega um copo dágua do oceano, a água é uma realidade, mas é na forma de um copo que, em princípio, no seu fundamento, é a mesma água do oceano. Tanto faz a forma. Vá no fundamento da água que, tanto faz num oceano ou num copo, os dois são variações de forma da mesma coisa em si, que não tem forma, é água. Em comparação, a água é real e o oceano e o copo são duas realidades. Formas que não revelam o ser, só divertem com o estar. Cuidado para não se perder na diversão, pois todo mundo que você vê triste, desconsolado e amargurado, se perdeu do ser (o eu), no estar.



598. O mundo não existe?


Seríamos loucos se falássemos que o mundo não existe. Você está aí, eu estou aqui. Só que o que existe não é; apenas está em uma forma. O que é não tem limite, não teve começo, não vai ter fim. É como o imenso vazio que sustenta os astros do universo inteiro e todos os universos possíveis. Você não precisa ir aos astros mais longínquos para descobrir o vazio. Vazio está aqui, no eu. O vazio de lá é o vazio daqui. E não pode ser vazio como pensamos porque se fosse vazio mesmo, dele não surgiria nada. Se tudo surge dele, ele é plenitude; nossa visão é que não abrange o nada, e jamais poderá abranger porque é feita de limites.


597. Em paz.







A gente só fica em paz quando para de se achar. É impossível ficar em paz se achando alguma coisa, seja o que for, de bestial a sublime.



596. Sutilezas do ego.















Extraviados por seu ego desde um tempo sem começo, todos 
os seres vivos creem que eles mesmos são coisas e, ao 
perder sua Mente Infinita, se transformam, portanto, 
em coisas. - Surangama Sutra

É preciso tomar cuidado com as jogadas sutis do ego, pois 
este pensa que tomar posse da mente infinita (como se 
ela fosse outra coisa e não uma imaginação dele mesmo) 
e com isso abrilhantar-se exibindo-se como um "ser 
iluminado". Seres só existem na mente e todos são (como 
a própria palavra "mente" mostra) mentira, coisas de sua 
própria criação, mentiras de si mesmo. A mente só pode 
fazer mentiras. Se a mente é infinita ela não teve começo, 
e por isso não poderá ter fim (de onde vem a designação 
"infinito"). O que não tem começo e nem fim não está em 
lugar algum. Um tempo sem começo não é nada, nem 
começou. O ego é extremamente sutil e inescrupuloso em 
suas armadilhas. O que é, já é, e não pode ser buscado em 
lugar algum. O seres não podem perder nada porque nunca 
foram nada.Tudo isso é jogo do ego. Basta deixar ser o 
silêncio do eu no coração e focar-se nele, em vez de focar-se 
na mente com suas jogadas, que também são infinitas, 
enquanto  parece que duram. 



595. Entender o amor.



É muito fácil entender o amor. 
Amor é paz. 
Se não houver paz não é amor, é obsessão.





594. Reflexão noturna.



Não importa o que tenha acontecido hoje, se ganhou, se perdeu ou se nada aconteceu. Fique em paz agora, e pronto!
Essa é a única realidade.
Não há nada a ver!!!!






593. Mais um louco.



Deixe o mundo rodar, já tem louco demais cuidando dele. Não precisa de você também fazer o papel de mais um louco.




592. Preocupar-se com as pessoas.



Não faz sentido nos preocuparmos com a condição de "todos". É claro que fazemos as coisas para os outros, mas é sempre pensando em nós mesmos primeiramente. Vamos cuidar da nossa vida, cada um cuida da sua. Se todo mundo se preocupar um com o outro, sem cuidar de antes descobrir a Si Mesmo, vão continuar como estão, uma multidão de perdidos de si, um mundo de cegos, querendo um guiar o outro e consertar o mundo. E quando você se descobre, você vê que a Luz já cuidou de tudo e não faz sentido se preocupar com absolutamente nada. Até suas próprias obrigações você passa a enxergar com mais clareza e não confunde as obrigações que são suas mesmo com obrigações que os outros colocam em sua cabeça. As pessoas vivem querendo arcar com compromissos que não são delas, por isso pensam que sofrem, mas não sofrem, é o caminho delas e se soubessem ver estariam muito gratas à vida, com muito menos a fazer do que o que se obrigam. Essa é a realidade simples da vida.

Não é o mundo que tem que ser melhorado, mas nossa visão do que pensamos que somos e do que pensamos ser a vida. O olhar pra fora é desculpa pra não olhar pra Si Mesmo, intrinsecamente.


591. A doçura real.



A doçura infinita do mel real 
está no próprio Coração!


Viver realmente não é viver a vida, 

é viver-se. 
Só quem se vive Conhece que 
não é preciso fazer nada. 
A Luz cuida de tudo!



590. O pensador.


Ninguém é o que pensa; 
não importa o que pense. 
O pensamento não é.



589. Dentro e fora.


Os problemas decorrem de estarmos 
olhando pra fora e não pra dentro. 
Dentro não há problema, 
só realização, 
paz perfeita sem limite. 


588. A felicidade bate à porta.



A felicidade não bate à porta. A felicidade é o nosso eu intrínseco. A porta jamais se fecha e permanece sempre aberta para quem se perdeu e resolve voltar à felicidade original e infinita do eu. 


A felicidade que bate na porta vem de fora. E do jeito que ela vem, também se vai nos deixando como sempre fomos, simples ser, felicidade sem limite. Quem vive só olhando para fora fecha a porta para o Eu. Desse modo a felicidade de fora vem e bate, mas nunca resolve efetivamente, porque os problemas decorrem unicamente de estarmos olhando para fora e não para dentro. 
Dentro não há problema, só realização, paz perfeita sem limite. 
A essa paz também se dá o nome de felicidade ou amor, mas ela é muito mais que amor e felicidade, é REALIZAÇÃO DA PAZ PERFEITA, além de qualquer conceito mental, por maravilhoso que esse seja.
A paz original do eu, em cada um, sem diferença, é o que está descrito na bíblia como "O Reino dos Céus está dentro de vós". Até o diabo a tem, a diferença é que ele vive com a atenção voltada para a mente, sonhando com o amor e a felicidade mentais. O diabo é diabo porque vive sonhando com possibilidades, deixando a paz perfeita da realidade infinita de Si Mesmo fechada atrás da porta que ele faz quando olha paras as próprias projeções, fazendo o mundo que vê fora. Esse é o ego de cada um, sem exceção.



587. O medo de ser mal.




- Eu não tenho certeza de nada. Só sei o que comprovei.

- Só a verdade em si mesma é verdade. Fora a verdade tudo é mentira. Algo que comprove a verdade tem que estar fora dela e o que que está fora dela é mentira. Pode uma mentira comprovar a verdade? A verdade é auto-evidente e não pode ser comprovada. O que pensa que comprova, comprova uma mentira para outra mentira.

- Não penso assim.

- Não precisa pensar, é auto-evidente. Para quem pode ver, é claro. Mas entendo seu ponto de vista, Daniela. Continue firme em sua investigação. Você irá cada vez melhor, basta não achar que está crescendo em conquistas interiores e conhecimento espiritual. Só o ego cresce. Um jato da Luz no seu coração!!!!

- Não. Eu só sei que nada sei. Ah... mas como gostaria de saber. De qualquer maneira, o mundo é fascinante.

- Pare de querer saber, é só esse o problema. Você jamais deixou de ser. Não há nada a ver e muito menos a saber. Fascínio é uma modalidade de alucinação.

- Se eu deixasse de querer saber e de conhecer todos os lugares eu não seria eu.

- Acontece que você não é isso que pensa. Isso você só pensa. O que você é, você não deixa de ser. O que você tem medo de deixar de ser, é claro que você não é. Senão não temeria. É tudo muito simples. A realização está sempre pronta pra você, dentro da mais absoluta simplicidade do seu eu. Não tenha medo. O medo é apenas um pensamento, desafie-o deixando-o de lado. Olhe para ele e verá que ele desaparece na hora.

- Não é para ter medo de ser má? Ou de enlouquecer?

- O mal é ter medo. A loucura em si é o próprio medo. Sem medo você vê que não precisa fazer 90% do que pensa que precisa, porque todas as más ações são impelidas pelo medo. Até a maioria das supostas boas ações é cometida por medo. Erradique o medo antes, senão jamais sairá da loucura de ter medo de ser má. Isso já é um tremendo mal em si.




586. Não há egos.


Só um ego confronta outro. 
Não há egos, só o próprio ego. 
O resto é ilusão do primeiro 
a partir da ilusão de si mesmo. 
Mas nada sai da mente, 
está tudo só nela. 




585. O quadro.



- A humanidade se encontra ainda no estágio do animal semi consciente e que infelizmente há poucos seres humanos conscientes para reverter esse quadro.

Riva: O quado não deve ser revertido. É um quadro apenas, Já está pintado e cada um interpreta como quer. Mas não é realidade alguma, apenas uma limitadíssima representação do infinito. Impossivel um quadro revelar a realidade. Deve ser visto como parece, apenas um quadro. E daí? É nada. A realidade não tem nada a ver com quadro algum, são apenas quadros. Se não fosse a tela o que seriam dos quadros?




584. Esse ser.



Esse ser que você pensa que ainda tem quer ser, que conhecer tanta coisa e se realizar, quando pensar que se realizou se verá acossado pelas mesmas ânsias e buscas suas de agora, pois será fruto de sua ânsia na separação, no espaço e no tempo e não da realização do ser, que já é e não precisa vir a ser. 
O ser pleno jamais será pleno, senão seu nome não seria "ser pleno" e sim "será pleno".
Detecte os pensamentos atrapalhando-o, roubando-o de si mesmo e comprometendo-o com fantasias de todo tipo de realização o tempo todo.
Isso que - como que de dentro de você mesmo - detecta sua entidade pessoal é o SER, realizado antes de existir separadamente em qualquer mundo, realizado antes do tempo. Isso é o que você é, o que eu sou, o que cada um é e o que até as pedras são. O resto são fantasias da possibilidade que em si mesmas já surgem mortas. Por isso a morte é a unica realidade inevitável em tudo que você pense que seja ou possa ser, no tempo. A menos que você deixe de "se achar".
O único poder pessoal é mentir.
A Luz já cuidou de tudo!!!!




583. Esperança X Realização.



O que você espera? 
Veja que tudo que você esperou e chegou, acabou virando passado. E você continuou como sempre simplesmente foi. 

Tudo passa e você fica porque só você é. O resto é mero pensamento fazendo incerteza, culpa, medo, busca e ansiedade sem nenhum solucionamento real tendo se efetivado em sua vida.
A vida não não é o que você tem que ser ou fazer, a vida é você, antes de achar que "tem que" qualquer coisa!



582.


581. Complicando.



- Nós complicamos muito a vida, não Riva?

- Não... a vida não se complica com nada, ela é sempre o que apenas é, e em si mesma é só simples. Apenas nós nos complicamos com a mente.








580. Pretensão X Paz.


As coisas só acontecem por si. A lei universal de causa e efeito não leva em conta nossas expectativas pessoais. Você pode forçar e acontecer e pode ficar simplesmente em paz e acontecer também.  Assim como sua tranqüilidade não deixará que as coisas aconteçam, sua ansiedade também não atrapalhará nada. O que tiver que acontecer, acontecerá, o que não tiver que acontecer, não acontecerá. Não é por nós que as coisas acontecem, mas pela própria vida em si, em sincronismo universal, segundo a configuração intrínseca de cada espécie. A vida não joga dados nem faz planos. Tudo já aconteceu. A diferença está só na mente. Há quem prefira viver paz e, por incrível que pareça, há quem prefira viver em eterna perturbação. Para o indivíduo, pode se dizer que tudo se resume entre paz e pretensão. Quem tem pretensão não tem paz, quem tem paz não tem pretensão. E a condição de cada um só muda quando muda, também pela lei de causa e efeito segundo o sincronismo universal. Os fatos não dependem do modo como os vemos, só nossa paz depende disso. Não há, na lei da criação, nada que tenha a ver com o que pensamos que vemos ou com o que pensamos que precisamos. Nós não precisamos de nada. A Luz já cuidou de tudo. Na verdade, todos podem fazer o que têm vontade de fazer. O que enxerga mais, o faz em paz e sem pretensão porque viu que a Luz já cuidou de tudo.
Um jato da Luz no seu coração!!!!


579. Sem si.


Além de mentiras, 
o que você poderá fazer sem si, 
só em cima de rótulos? 
De que vale um rótulo sem conteúdo?


578. Vivências íntimas.



É preciso tomar cuidado com "nossas vivências íntimas", tipo espirituais, porque isso costuma inflar nosso ego de presunção de conhecimento espiritual. A cabeça se enche de imaginação, mas a vida continua como sempre foi, um sonho apenas. Pouco adianta sonhar dentro do sonho, já não sonhamos todo dia enquanto dormimos? Mas a vida continua quando acordamos. A realidade jamais se escondeu do ego e nem existe para brindá-lo com grandeza espiritual. Apenas o ego empana a paz maravilhosa e simples do apenas ser. Não há nada para acontecer e nenhum reino maravilhoso a conquistar fora da mera imaginação. O real não precisa se realizar, jamais deixou de ser real, e não tem nada a ver com o que pensamos que sabemos, que somos ou experimentamos. A verdade é só simples.
Um jato da Luz nos nossos corações!!!!




577. O ser que habita em mim.



A: A maior lição que estou aprendendo com a energia e as palavras do Riva é amar o ser que habita em mim e em todas as formas, e a ver a mentira que um dia me fizeram acreditar ser verdade.

Riva: O ser não habita em ninguém nem em nada. O ser não é "algo" que possa ser concebido pela presunção e arrogância de um desvairado ego. É apenas ser e absolutamente mais nada. Só o ser é verdade. Que mentira pode abrigar o que não tem limites?




576. Sonho X realidade.



A meta da mente sã é desconhecer-se como tal, é voltar à unidade. Tudo que se fala sobre conhecimento e evolução é desvario, estupidez e uma estupidez especializada é muito mais difícil de se acabar com ela. Sua auto-hipnose, com seu vicioso poder de dar vida ilusões, fica cada vez mais fora de controle. A realidade torna-se, então, como que irrealizável. O sonho vira realidade e a realidade vira um sonho, a mentira vira verdade e a verdade vira mentira. É a suprema loucura. 
Mas, nunca houve nada a ver!




575. Amor ao ser.



O amor, em todas as suas manifestações, é a mais nobre das segundas intenções, com exceção do amor ao ser. 
Sobre o amor ao ser não se deve falar porque ao ser dito torna-se também segunda intenção, pois é o ego se apoderando da atitude. 
A atitude de amor ao ser só pode ser íntima, silenciosa, absolutamente particular. 
É o único e sublime amor secreto que verdadeiramente realiza e liberta o(a) amante.




574. Natureza.



É muito difícil lidar com as pessoas. Todo dia eu tomo um banho de paciência e tolerância a fim de que eu possa resistir às pessoas ignorantes, insensíveis, autoritário, mal caratismo, etc... Enfim, procurando um caminho p/ a felicidade no meio desse caminho tortuoso.

Ninguém é propriamente mal caráter. O mundo é assim, as pessoas são assim. Cada um de nós é assim na hipnose, a menos que não neguemos nossa realidade infinita, intrínseca. E, infelizmente, é isso que fazemos. O tucano que espera a sabiazinha ir buscar comida pro filhote, pra comê-lo antes dela voltar, é mal caráter? O homem é quem pensa, e pensando pensa que fez de si o que fez, mas não fez. Ele não é isso, isso é a natureza, isso não muda. Não é porque o homem construiu edifícios, fez carros, estradas asfaltadas, computadores e bombas atômicas que ele deixou de ser natureza. Sua natureza ele não deixa, não importa a fantasia que monte em cima dela. Sofre quem confunde a realidade com a fantasia




573.



Toda a consciência do mundo se resume na simples visão do nada que tudo é.



572. Além.



Eu já te disse que gosto da sua "ousadia" no que se refere aos "conhecimentos", Riva. Consegues ir além do que é sugestionado.

Eu só não vou. As pessoas vão, param em um lugar e imaginam que existe algo ainda além de onde elas inventaram de ir e parar. Para que ir? Quem vai, fica nessa, sempre achando que tem além. Não tem onde ir de verdade. O eu é o todo, toda aventura, por grandiosa que seja sua configuração, é mesquinha diante da realidade infinita do ser. A verdade é aquém do pensamento, é só simples.




571. Desfazer-se.



Amiga - É... enxergar a realidade é livrar-se de crenças e apegos, pois a fantasia ilude e fascina, por isso torna-se mais difícil desfazer-se de tudo.

Riva - Não há nada pra se desfazer, já está desfeito. Veja que a só forçamos a barra valorizando importâncias o tempo todo. Não é preciso fazer nada. Fazer qualquer coisa nesse campo é forçar a barra. O ego é quem adora fazer, mas já tem muito o que fazer no dia-a-dia da vida.
Chega!!!!


570. Cobrança.



Na verdade SÓ precisamos Existir na Luz do Ser.... PAZ! Mais nada. Gratidão Riva!

Riva: Nem precisamos existir... já existimos sem precisar. Quando vimos já estávamos aqui, com toda a loucura pronta nos envolvendo, nos cobrando e nos culpando. Nada a ver. A Luz já cuidou de tudo. A Luz é o eu. O mesmo eu meu, seu e de todo mundo. Não falamos o mesmo eu?




569.



Deus é simples, é um pensamento, nem precisa se chegar a isso. 
Deus é o eu. 
Como vai se chegar ao eu? 
O eu é você mesmo, sem pensar.




568. Energia.



A questão não é de nível de energia, mas de consciência. Grandes chefes do crime organizado, políticos corruptos e milionários dos negócios ilícitos têm grande energia e inteligência, mas, consciência zero.



567. Enriquecimento.



A questão não é fazer a qualquer custo. Se tiver custo não faça. O que for pra você cairá do céu nas suas mãos, literalmente. O cenário do mundo, onde um indivíduo parece interagir com outro, é de produção exclusiva do poder superior, nos mínimos detalhes. Só a Luz cuida de tudo! Se não fosse assim empreendedores de sucesso não iriam à falência como vemos todo dia, principalmente no nosso meio de convívio.



566. Descobrir.



Descobrir é des-cobrir-se. Desencobrir-se das necessidades colocadas em sua mente pelos mais diversos sistemas, incluindo os sistemas de ensino evolucionista e espiritualista. Des-cubra-se do que pensa que sabe, que conhece, que entende. Des-cubra-se do que você pensa que você é e pode ou tem que ser. E verá a si como sempre foi, "você simplesmente", sem limites, sem uma mente separada de outras pensando que tem que atingir um determinado estado de libertação. O que você é simplesmente é o estado eterno, sem precisar de nada, nem de saber de nada. 
A Luz já cuidou de tudo.
Sua obrigação nesse mundo é uma só, ficar em paz.
Um jato da Luz no seu coração!!!!




565. Você nunca andou.



O homem faz labirintos em sua mente e se perde neles. Depois arroga-se poder sair deles por si. É assim que o ego o engana. Ele só soube fazer. Tentar sair do labirinto é dar mais vida a ele. Ele não é, é apenas pensamento. Se não há caminho, também nunca houve. Você nunca andou. Veja que a paz e a libertação estão aí o seu coração agora, sempre.



564. Simples ser.



Dentro de você está a paz maravilhosa da realidade infinita do seu simples ser. 
O caminho, a vida, o paraíso, o inferno e tudo mais que possa existir estão na mente, são meros pensamentos. 
A mente é exterior a você. 
Você é simples ser. 



563. Sentir.



Somos muito mais do que sentimos e nada do que pensamos.
O que É, é mais que quem sente. 
Quem sente é a única atrapalhação. 
Aquele que sente é a ilusão, a mentira consolidada. 
O sentir é a hipnose. 
O real não é sentido, está além. 
Ao acharmos que sentimos fazemos uma mentira sensorial, que o ego usa para valorizar-se como se aquilo fosse grande coisa, mas é apenas uma mentira a mais.
O Eu é infinitamente mais do que sentimos, e nada do que pensamos.




562. Novos mundos.



Tudo se origina do eu, AGORA.
Tudo move-se no carrossel da mente.
A única prova que temos é que nada é.
O que fica, além do simples ser, depois que tudo passa?
O novo mundo também passará.
Os velhos foram novos e cheios de esperança.
E o que viraram?
Por isso a Graça, para o não realizado, está sempre por vir a ser e ele tem que adornar sua angústia com esperanças de novos mundos, eternamente.




561. Se não fosse eu.


É horrível e triste ver o mundo que os filhos de Deus desesperadamente vivem tentando fazer com seus medos e angústias, eternamente perdidos em sonhos e esperanças de amor e felicidade que jamais se efetivam em suas realidades. 
Se não fosse eu, eu estaria perdido no meio disso também.
Por isso agradeço a quem eu sou simplesmente, por jamais ter me rendido totalmente a quem eu pudesse pensar que fosse
.


560. Querer ver.



Cego é o que pensa que tem que ver.

Ver o quê, se não há nada a ver?

Já não chega o que se pensa que se está vendo?




559. Auto-hipnose.



- O que realmente somos então, Riva?


- Nada, auto-hipnose, negação da luz infinita, sem começo nem fim, do ser. Por isso há sofrimento. Quando os pais educam os filhos dão a eles o manual de auto-hipnose que vão ter que usar a vida toda. Se a pessoa for contra ela será considerada uma revoltada. É o manual de mediocridade, o cardápio de medos e culpas que ela vai ter que engolir até a morte. Medos culpas e obrigações, sempre, para chegar efetivamente em nada. Sem exceção... a menos que o indivíduo se revolte. Mas a revolta deve interior, não exterior, contra o sistema. Esse nem é, e só um louco luta contra o que não é, contra o que é apenas conceito.



558. Ilusionismo.


O ilusionismo começa com a gente achando que existe absolutamente nessa forma visível apenas pelos nossos olhos de carne e que fora isso nada mais é possível. 
Tudo é ilusionismo. 

Mentalistas (ilusionistas) apenas brincam com a hipnose que mantém a aparente existência desse mundo. Como um deles mesmo diz: não existe realidade. O milagre de Jesus na bíblia, transformando água em vinho, foi um fenômeno de ilusionismo, uma manipulação da rede hipnótica. Por isso a bíblia diz "sois deuses". Nossas alegrias e tristezas, fortunas e misérias são meras formas de ilusionismo, auto-hipnose por crença em importâncias e valores de culpa e mérito.
Tudo é crença, nada é absoluto. 

Absoluta é só a realidade suprema, que "não passa a existir"; é extra-tempo. A realidade não é uma "outra coisa" existindo além do nosso mundo. Coisas surgem do eterno, que abrange todas as coisas, mas todas as coisas não o abrangem.
O eterno é eterno porque não começou. Se tivesse surgido em um tempo qualquer, então não seria eterno. Isso é óbvio.
Nós e o mundo não existimos permanentemente; nos manifestamos instantaneamente conforme pensamos. Portanto, cuidado com suas crenças porque pensar é criar!
Seu mundo é sua crença.




557. Grupos de discussão.



- É tamanha a variedade de loucuras nesse mundo que nem há como se não se perder. 


- Sinceramente, nem dá pra falar mais nada.


- Pois é... vai falar e vai fazer como os "inteligentes" desses grupo de discussão. Com a mente mais perdida que barata em galinheiro e se achando os salvadores da humanidade... rsrsrs
Se não cortar a conversa logo nunca haverá paz. Caso contrário continuará na sequência do que estava; só de pose e alienação mental, eternamente "se achando".